mulher com toc

TOC: transtorno obsessivo compulsivo

O que é transtorno obsessivo compulsivo?

O transtorno obsessivo compulsivo, comumente chamado de TOC, é uma disfunção psicológica caracterizada por crises recorrentes de ansiedade e desconforto mediante situações que envolvam higiene, simetria, perfeccionismo, rituais etc.

De forma geral, o paciente não percebe que seus sintomas são exacerbados, por isso o papel da família é importante.

A pessoa portadora do problema, tem pensamentos frequentes de que caso suas “regras” pessoais não estejam sendo feitas, algo ruim poderá acontecer o que leva o paciente a apresentar medo, insegurança e por vezes agressividade.

Em suma existem dois casos mais comuns de transtorno obsessivo compulsivo, o primeiro é a forma mais leve da doença, que não chega a atrapalhar a vida do indivíduo.

O segundo tipo por sua vez, é caracterizado por um quadro mais grave, onde o paciente tem comportamentos compulsivos até que o exercício da compulsão seja realizado, ou seja, a pessoa fica com ansiedade extrema até que atinja a simetria ou a higiene desejada.

Quais as causas do TOC?

Assim como a maioria das doenças de cunho psicológicas, as causas não são exatas.

Afinal, quais são os sintomas do TOC?

Como dito anteriormente, pessoas com TOC são perfeccionistas e possuem uma rotina que não pode ser quebrada, os sintomas surgem então quando um desses “protocolos” são quebrados, ou seja, quando algo está fora do lugar, ou quando alguma parte da rotina não ocorre.

Os sintomas são o desespero, medo, ansiedade, irritabilidade ou até mesmo agressividade após as situações exemplificadas.

Como é feito o diagnóstico do TOC?

O diagnóstico requer uma análise cuidadosa dos sintomas por parte de um profissional qualificado.

Ressaltamos a importância da família em participar do acompanhamento, pois pacientes com TOC, geralmente veem suas atitudes como normais.

Como é o tratamento?

Apesar de não haver cura, a psicoterapia é muito eficiente no controle dos sintomas de pacientes com transtorno obsessivo compulsivo. Além disso, uma alimentação saudável e prática de exercícios estão entre tratamentos comprovados para doenças de cunho emocional/psicológicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>