parkinson

Parkinson: sistema nervoso?

O que é Parkinson?

O parkinson é uma doença do sistema neurológico que afeta a coordenação motora. Os sintomas começam de maneira mais leve e se intensificam com o tempo.

Pesquisas recentes, vem mostrando que apesar de a doença poder acometer qualquer sexo e idade, homens idosos apresentam números relevantes de casos a mais que mulheres da mesma idade.

É importante lembrar que apesar de ser popularmente caracterizada pela dificuldade motora, a doença pode acometer outras funções do corpo como o olfato, a cognição ou até mesmo o comportamento.

Os sintomas do parkinson vão além de tremores?

O primeiro sintoma é a dificuldade motora fina, causada por tremores e espasmos musculares. Com a evolução da doença o paciente tem dificuldade em se equilibrar, problemas de constipação e passa a ter pouca expressão facial.

O que causa o parkinson?

As causas são desconhecidas, mas há estudos que a decorrência de exposição a herbicidas e pesticidas podem ser fatores de risco. A doença acomete principalmente pessoas idosas.

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico requer exames clínicos e possivelmente análises de funções neurológicas, uma vez que não há um exame específico que identifique a doença.

Qual médico procurar para tratar o parkinson?

O médico mais indicado para tratar pessoas com parkinson é o neurologista.

O parkinson tem tratamento?

Não há cura para o Parkinson, entretanto há tratamentos medicamentosos ou cirurgias que podem retardar a evolução da doença.

A fisioterapia é também de extrema importância para pacientes com parkinson.

Convivendo com a doença

Logo no início da doença o paciente consegue manter uma vida normal dentro obviamente, das limitações que vão surgindo. Todavia, com a evolução dos sintomas, o paciente pode ficar cada vez mais dependente de ajuda externa.

Nos dias de hoje, com os avanços da medicina, é possível retardar o surgimento consideravelmente, propiciando uma qualidade de vida melhor ao paciente.