Lesão do esporte

Esportes causam lesões?

Sim, existem as chamadas “lesões do esporte”. Porém, há diferentes níveis e tipos de lesões, entenda mais:

O que é?

Como o próprio nome sugere, lesões do esporte são traumas e fraturas, bem como entorses, luxações e tendinites que ocorrem em decorrência da pratica esportiva. Os problemas podem surgir nos ossos, músculos, articulações ou nervos.

Todavia, o esforço repetitivo (como levantar muito peso por longos períodos ou pedalar horas a fim sem preparação física), também podem acarretar em lesões.

O sintoma é sempre de dor?

Os sintomas variam de dor, dormência, dificuldade motora até pequenas fisgadas. É necessário um médico especialista para identificar uma lesão por esporte.

De forma geral, os sintomas (dor e inchaço principalmente) podem surgir no instante em que há o trauma, ou seja, durante a prática do esporte (ao exemplo de traumas, entorses, luxações e fraturas).

Porém, em casos de tendinites, o sintoma de dor pode ser tardio e progressivo.

Como ocorre a lesão?

As causas podem ser um treinamento excessivo, preparo físico insuficiente, uso de anabolizantes ou esforço repetitivo. Mas não só isso como também quedas ou acidentes durante a pratica esportiva.

Todavia, a falta de hidratação, uso de calçados inadequados e até mesmo a má alimentação, também são fatores que causam lesões do esporte.

Ao sofrer um trauma durante a pratica esportiva é necessário se dirigir ao médico imediatamente.

Como é feito o tratamento?

O tratamento depende da causa e do nível de dor do paciente, entretanto, é possível que o médico faça uso de medicamentos e de fisioterapia.

Há um método preventivo?

Sim, uma alimentação correta e a prática de alongamentos são métodos de se evitar uma futura lesão, porém, conhecer seu corpo e seus limites, é essencial para qualquer indivíduo que queira praticar esportes.

Realizar um acompanhamento médico, é imprescindível para quem realiza a prática esportiva com mais afinco.

Mulher com dor devido refluxo gástrico

Refluxo gástrico: uma doença pediátrica?

O que é:

Doença do sistema digestivo onde há uma irritação da mucosa do tubo alimentar em decorrência do ácido do estômago que volta pelo esôfago.

É verdade que há apenas um tipo de refluxo gástrico?

Não, há mais de um tipo de refluxo, porém, apenas um médico capacitado é capaz de classificar a doença.

É verdade que é uma doença pediátrica?

A resposta pode ser sim, ou não.

Sim, pois muitos bebês podem apresentar os sintomas de refluxo por alguns meses da vida, contudo, em muitos casos os sintomas passam com o tempo.

Não, uma vez que a doença pode acometer pessoas de qualquer idade, entretanto, os sintomas podem ser percebidos a qualquer momento.

Quais são os sintomas?

Os sintomas se parecem com uma gastrite, mas, além de dor abdominal, o paciente com refluxo pode apresentar tosse, arrotos, azias e mau hálito.

O que causa refluxo?

Não é possível apontar apenas uma causa para o refluxo, porém, existem condições que podem estimular o surgimento dessa doença, dentre elas:

Como é realizado o diagnóstico da doença?

O diagnóstico é feito com auxilio de endoscopia e com análise clínica dos sintomas.

Qual o tratamento?

O tratamento varia desde mudanças na dieta até uso de medicamentos. Mas, em muitos casos, não há uma cura, apenas um controle dos sintomas.

Qual médico devo procurar?

Apesar de o pediatra ser capacitado para diagnosticar e tratar o refluxo em crianças, o especialista mais indicado é o gastro.

Quem tem refluxo, precisa realizar uma dieta com restrição?

Nem sempre uma dieta com restrição é obrigatória para pessoas com doenças gástricas,

Todavia, em muitos casos, uma dieta controlada, pode ajudar a controlar os sintomas.

Artrose: mãos, joelhos e coluna.

O que é?

Osteoartrose (comumente chamada de “artrose”) é uma doença onde as cartilagens se degeneram e as estruturas ósseas próximas a elas se alteram. Ainda assim, os locais mais comuns de se ter a inflamação são: mãos, joelhos e coluna.

Quais são os sintomas?

Os sintomas podem ser leves, agudos, constantes ou periódicos, mas a principal característica é a dor nas articulações, que com o passar dos anos pode prejudicar os movimentos articulares.

O que causa artrose?

Não é possível apontar apenas uma causa para a artrose, entretanto esforço repetitivo e obesidade são situações que contribuem para o surgimento dessa doença. Contudo, traumas, doenças reumatológicas, endócrinas, congênitas do esqueleto e de relação direta com nervos periféricos, também podem estar entre as causas da artrose.

Possui tratamentos?

Não há tratamentos curativos para a artrose, entretanto seções de fisioterapia e uso de medicamentos podem diminuir os sintomas de dor e desconforto.

Quem tem artrose fazer exercícios físicos?

Sim, os exercícios podem até mesmo auxiliar no trato da doença, porém, é necessário um especialista para indicar uma rotina de exercícios que não seja prejudicial a saúde.

Quem sofre desse processo inflamatório, sente muitas dores e um exercício errado pode não só ser doloroso como pode piorar o quadro geral do paciente.

Qual especialista devo procurar?

Popularmente é comum ouvir que o reumatologista e o ortopedista são os responsáveis pelo trato da artrose, porém, a medicina da dor, é uma especialidade que vem ganhando espeço no cenário atual e que pode auxiliar pessoas com essa doença.

É artrose ou atrite?

Há uma diferença em entre as duas, todavia, é possível que alguns pacientes apresentem ambas.

A primeira está ligada a um processo inflamatório, geralmente causado pela sobrecarga articular.

Já o segundo, apesar de também ser um processo inflamatório, é associada ao processo imunológico.

homem com dor devido hérnia de disco

Hérnia de disco: Posso realizar exercícios físicos?

O que é?

A coluna vertebral é estruturada pelas vértebras. Entre elas existem discos intervertebrais, que amortecem movimentos e evitam atrito na região.

Com o tempo, esses discos podem sair da posição normal e consequentemente apertar alguma raiz de nervo da coluna, causando as hérnias de disco.

Hérnias podem ser muito dolorosas e, portanto, requerem uma atenção especial.

Quais são os sintomas?

A dor no local afetado (coluna) pode ou não surgir, pode ser leve ou intensa. É possível que o paciente sinta dor na perna, coxa ou no braço.

O que causa hérnias de disco?

A principal causa é o esforço repetitivo, ou seja, pela repetição de movimentos, há o desgaste dos discos intervertebrais.

Entretanto, sobrepeso e predisposição genética atuam como fatores de risco para o surgimento da doença.

Existe um exame das vértebras?

O diagnóstico é geralmente realizado após exame clínico, porém, para um reconhecimento preciso é necessário realizar raio X ou Eletromiografia.

Qual é o tratamento?

O tratamento pode variar com o nível de dor do paciente e o local onde a hérnia está apertando o nervo, todavia o uso de medicamentos e fisioterapia é comum como forma de tratamento.

Em casos mais sérios podem ser realizadas infiltrações e até cirurgias.

Qual é o médico responsável por tratar esse problema?

Hérnias são tratadas de acordo com a localização da mesma, portanto as hérnias de disco (coluna) requerem um neurocirurgião para medicar e possivelmente operar o paciente.

Quem tem hérnia de disco pode realizar esportes?

Sim, os exercícios podem até mesmo auxiliar no trato da doença, porém, é necessário um especialista para indicar uma rotina de exercícios que não seja prejudicial a saúde.

Quem sofre de hérnias de disco, sente muitas dores e um exercício errado pode não só ser doloroso como pode piorar o quadro geral do paciente.