homem com pneumonia

Pneumonia ou resfriado?

O que é Pneumonia?

A pneumonia é uma infecção pulmonar que surge por consequência da irritação dos alvéolos pulmonares.

Apesar de não ser uma doença própria da geriatria, é necessária uma atenção especial para a população idosa, ao passo que o envelhecimento é um fator de risco para a doença.

Quais são os sintomas?

Os sintomas se parecem com os de uma gripe forte, porém, em uma pneumonia, a evolução da doença, de forma geral acontece mais rapidamente.

Em outras palavras, secreção, febre alta, tosse, mal-estar e falta de ar são comuns em pacientes com quadro de pneumonia.

Mas é uma pneumonia ou uma gripe?

Apesar de serem facilmente confundidas, há diferenças nos sintomas, de maneira que é comum que quadros de pneumológicos apresentem febre acima de 38°C e resfriados não. Do mesmo modo, outra diferença importante e que é facilmente notada, é a mucosa na tosse, por vezes resfriados possuem tosse seca e pneumonias apresentam mucosa de cor verde-amarelada.

Como a pneumonia é um quadro mais avançado e grave, sintomas como dor no tórax ou mal-estar acima do normal, também podem surgir como sintomas.

Quais as possíveis causas?

A pneumonia pode ser causada por bactérias, vírus, fungos, substâncias inorgânicas e até por reações alérgicas.

A forma mais comum é provocada por bactérias, que se infiltram nos alvéolos pulmonares. A doença pode acometer apenas um dos pulmões ou ambos.  

O tabagismo é um agente causador comum de pneumonias. Mas, estar exposto a ar-condicionado constantemente, vem se mostrando um possível fator que contribui para o surgimento da doença.

É necessário um exame dos pulmões?

Por se tratar de uma doença pulmonar, geralmente o diagnóstico é feito com exame de raio X dos pulmões.

Tratamentos:

Os tratamentos geralmente envolvem medicamentos (antibióticos e corticoides), porém em casos de pneumonia avançados é possível que o paciente precise ficar internado, recebendo medicamentos intravenosos e sob supervisão de médicos e enfermeiros.

Prevenção:

Assim como gripes, a pneumonia também pode ser prevenida com vacinas e com higiene adequada.

Alergia de pele

O que é

A função da pele é preservar o organismo de desidratação, e agir protegendo seu interior contra quaisquer agentes externos. A exposição a certas substâncias como, pó, poeira, produtos químicos, cosméticos ou tecidos sintéticos podem conter agentes, entendidos pelas células da epiderme como agressores. A partir deste momento de hipersensibilidade, ela passa a combatê-los, e essa reação constitui a alergia de pele. 

Sintomas

Os sintomas podem surgir de forma conjunta ou separada, e de diversas formas: coceiras, inchaços, lesões avermelhadas e em relevo, irritação forte, entre outras reações.

Causas

A hipersensibilidade de cada organismo e sua dificuldade de lidar com certas substâncias causa as reações de alergia. O sistema imunológico das pessoas alérgicas, por características genéticas, avalia que certa substância é tóxica, e que é preciso proteger o organismo para que ela não consiga entrar. Isso varia de acordo com cada pessoa. 

Tratamento

Antes de tudo, o médico faz uma avaliação do paciente, de produtos normalmente usados por ele, hábitos e substâncias às quais ele costuma se expor. Depois disso, geralmente é indicado o teste de alergia. E então, há prescrição de novos hábitos e medicamentos que controlem o problema.