Criança com bronquite em consulta

Bronquite, uma inflamação que deve ser tratada.

O que é bronquite?

É a inflamação dos brônquios (canais que levam ar até os alvéolos pulmonares). A bronquite, portanto, é causada pela mucosa que fica presa nas vias respiratórias.

Quais são os sintomas?

Os principais sintomas que podem ser observados são tosse com muco, fadiga e febre. Por isso, a doença é facilmente confundida com gripes e resfriados.

Em suma, os sintomas da gripe podem ser tão fortes como os da bronquite, todavia, o segundo é um quadro mais grave que requer uma atenção especial, principalmente em crianças e idosos.

Quando ir ao médico?

Procurar um médico é sempre necessário ao sinal de qualquer sintoma, entretanto, no caso de crises de bronquite, febre e vômito podem ser indicativos de um quadro mais grave.

O que causa essa doença?

A bronquite pode ser causada por vírus ou bactérias, entretanto contato com poluição e fumaça de cigarros podem levar o paciente a apresentar quadros da doença.

Há mais de um tipo de bronquite?

Sim, a bronquite pode apresentar quadros diferentes, porém, apenas um médico capacitado é capaz de realizar o diagnóstico da doença.

Qual é o tratamento?

O tratamento geralmente é feito através de medicamentos (antibióticos e corticoides).

Qual o médico eu devo procurar?

Os médicos mais qualificados para o tratamento da bronquite são os alergologistas, imunologistas ou o pneumologista. Em todo caso, é possível que especialistas como o pediatra, o clínico geral ou o geriatra tratem seus pacientes.

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico é feito por análise clínica, porém, é possível que o médico solicite exames de raio X ou de funcionalidade respiratória.

O que fazer antes de se consultar?

Somente um médico está apto para receitar algum tratamento, porém, beber muita água, fazer repouso e manter uma boa alimentação podem auxiliar o paciente até que esse consiga ir ao médico.

Posso ter asma? Entenda a doença.

O que é asma?

Há no sistema respiratórias, diversas vias por onde o ar deve passar, uma dessas vias se chama bronquíolos, entretanto, uma vez que essa via se estreita dificultando a passagem de ar, temos a asma, ou seja, a há o bloqueio da passagem de ar nos pulmões.

A asma é uma condição grave, mas que nos dias de hoje pode ser facilmente controlada. Todavia, é necessário um diagnóstico antes que o quadro se complique e possa trazer prejuízos maiores ao paciente.

Se não tratada, as consequências da doença podem ser cada vez mais complexas.

Como ocorre o diagnóstico da doença?

De maneira geral o diagnóstico é feito sem necessidade de exames laboratoriais, porém, para isso, é necessário um estudo minucioso a respeito do histórico do paciente.

Procurar um profissional logo no início dos sintomas, no entanto, pode facilitar o diagnóstico.

Quais os principais sintomas?

A dificuldade de respirar é o sintoma mais característico, porém, sentimento de ansiedade e chiado no peito também são sintomas comuns.

Apesar de ser facilmente confundida com outras doenças, a asma é um quadro mais complexo que requer atenção.

O que causa a asma?

Não se sabe ao certo a causa da asma, porém, exposição a componentes alergênicos ou produtos químicos podem aumentar as chances de apresentar um quadro de asma.

Há alguns fatores de risco que podem aumentar as chances de se desenvolver algumas doenças, no caso da asma, entretanto, o fator de risco que mais é comum, é a obesidade

Qual o tratamento mais indicado?

O tratamento pode variar desde medicamentos orais até o uso contínuo das chamadas “bombinhas”.

Todo tratamento só pode ser indicado por um profissional. Não se automedique. Não siga tratamentos de outras pessoas.

Qual médico procurar?

Tanto o pediatra, como o clínico ou o geriatra estão aptos para tratar pacientes com asma.

O que pouco se sabe, é que o alergista é o especialista mais indicado para tratar essa doença.

Alergia de pele

O que é

A função da pele é preservar o organismo de desidratação, e agir protegendo seu interior contra quaisquer agentes externos. A exposição a certas substâncias como, pó, poeira, produtos químicos, cosméticos ou tecidos sintéticos podem conter agentes, entendidos pelas células da epiderme como agressores. A partir deste momento de hipersensibilidade, ela passa a combatê-los, e essa reação constitui a alergia de pele. 

Sintomas

Os sintomas podem surgir de forma conjunta ou separada, e de diversas formas: coceiras, inchaços, lesões avermelhadas e em relevo, irritação forte, entre outras reações.

Causas

A hipersensibilidade de cada organismo e sua dificuldade de lidar com certas substâncias causa as reações de alergia. O sistema imunológico das pessoas alérgicas, por características genéticas, avalia que certa substância é tóxica, e que é preciso proteger o organismo para que ela não consiga entrar. Isso varia de acordo com cada pessoa. 

Tratamento

Antes de tudo, o médico faz uma avaliação do paciente, de produtos normalmente usados por ele, hábitos e substâncias às quais ele costuma se expor. Depois disso, geralmente é indicado o teste de alergia. E então, há prescrição de novos hábitos e medicamentos que controlem o problema.