bebê brincando na grama

Mitos e verdades: cuidados com o bebê

Respondemos algumas dúvidas frequentes sobre os cuidados necessários com o bebê, contudo, nada substitui uma consulta médica. Cada caso é único e portanto deve ser acompanhado por um médico especialista.

A chupeta entorta os dentes do bebê.

Depende. Durante o primeiro ano de vida do bebê, a chupeta dificilmente irá interferir na formação dentária, contudo, passados os 12 meses de vida, o uso excessivo da chupeta, pode começar a ocasionar problemas.

O bebê que dorme de barriga para cima pode engasgar dormindo.

Mito. A posição com a barriga para cima é a mais indicada e mais segura para bebês de até 1 ano de idade.

É normal a criança ficar doente quando começa a frequentar a escola.

Verdade. Em casa com a mãe, o sistema imunológico do bebê não é muito estimulado, no entanto, ir para a escola significa ter contato com outras crianças. Em suma, é normal que no primeiro ano de escola a criança fique gripada, com dores de garganta ou até com pequenas alergias. Esses problemas são de maneira geral, facilmente tratados e até mesmo essenciais para o desenvolvimento do sistema imunológico da criança.

A papinha deve ser batida no liquidificador.

Mito. Logo no início é comum que as mães batam a sopa com medo de seus filhos engasgarem, mas o que pouco se fala a respeito do assunto, é que o liquidificador além de quebrar as fibras dos alimentos, não estimula a criança a conheces as texturas dos alimentos. Especialistas indicam que os alimentos sejam amassados e ingeridos com calma, afim de apresentar sabores e texturas a seus filhos, e manter as fibras naturais dos alimentos.

O umbigo do bebê precisa permanecer coberto até que caia.

Mito. O único cuidado com o umbigo é a higiene, não há, no entanto, indicações para se manter o local coberto.

Recém-nascido não sente sede.

Verdade. Durante o período de amamentação materna, não há necessidade de dar água ao bebê. O leite materno é completo e por isso deve ser a única fonte de nutrientes durante um período determinado pelo médico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>