Categorias
Cardiologia

Miocardite: você sabe o que é?

Miocardite é um tipo de inflamação que atinge o coração. A inflamação causa problemas no bombeamento de sangue, ou seja, desregula os batimentos do coração.

O que é miocardite?

Miocardite é um tipo de inflamação que atinge o coração. A inflamação causa problemas no bombeamento de sangue, ou seja, desregula os batimentos do coração. O problema pode no entanto, ser leve e durar menos de duas semanas, como pode ser grave e causar danos permanentes.

Quais são os sintomas da miocardite?

De maneira geral, em casos leves, o paciente pode nem perceber o problema e então se curar sozinho.

Em casos sintomáticos, é possível perceber dores no peito, arritmias, dificuldade em respirar e até inchaço nas pernas.

Todavia, casos graves podem apresentar perda de consciência, febre e dores de cabeça.

Em crianças, o diagnóstico pode ser mais difícil, uma vez que outras infecções e inflamações podem causar os mesmos indícios e crianças possam ter uma dificuldade maior em relatar seus sintomas.

Como é feito o diagnóstico da miocardite?

O diagnóstico geralmente é feito após a suspeita do médico por meio de análise clínica dos sintomas.  Com a suspeita da doença, podem ser solicitados principalmente três exames, sendo eles: radiografia do tórax, eletrocardiograma e ecocardiograma. Os exames são minimamente invasivos e não requerem uma grande preparação.

Quais as principais causas da miocardite?

Há diversos vírus diferentes que podem causar a miocardite, dentre eles é possível citar os vírus que atingem o sistema respiratório, ou seja, os popularmente ditos “vírus da gripe”.

Muitos caos no entanto, possuem causas desconhecidas.

Existe cura para miocardite?

Quase sempre a cura ocorre e não deixa consequências maiores, todavia é importante que o tratamento seja feito com o profissional e que todas as medidas solicitadas sejam seguidas. 

O tratamento geralmente é feito com uso de medicamento, e após a cura, em grande parte dos casos, o paciente volta a ter uma vida normal.                                                                                                                

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *