Mulher com tireóide colocando a mão no pescoço

Hipotireoidismo: Entenda os sintomas

O que é hipotireoidismo?

O hipotireoidismo é a falta de hormônios da tireoide, isto é, o corpo não produz hormônios suficientes para manter o corpo em ordem. As mulheres são consideravelmente mais atingidas pela doença.

O hormônio da tireoide é o responsável por garantir que todo o metabolismo do corpo humano funcione de maneira correta, e sua principal característica é a de garantir o armazenamento adequado de energia.

O que causa o hipotireoidismo?

Geralmente, a causa do hipotireoidismo está associada a doença autoimune chamada Tireoidite de Hashimoto, mas há fatores de risco para se desenvolver o problema.

Fatores de risco são condições que facilitam o surgimento de doenças, no entanto, para o caso do hipotireoidismo, os fatores são a idade acima de 60 anos, ter histórico familiar da doença, passar por sessões de radioterapia ou estar gestante/lactante.

Há também o congênito, que surge desde o nascimento, entretanto o chamado “teste do pezinho” detecta esse problema logo nos primeiros dias de vida da criança.

Quais são os do hipotireoidismo?

De forma geral os sintomas são facilmente ignorados ou associados a outras doenças. Fadiga, prisão de ventre, rouquidão, colesterol alto e depressão são indícios comuns do hipotireoidismo.

Contudo, o sintoma que geralmente as mulheres percebem com mais facilidade, é o ganho de peso sem explicação e o inchaço.

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico requer exame laboratorial para que se comprove a doença o exame geralmente é um hemograma.

Qual médico procurar para tratar o hipotireoidismo?

Por se tratar de uma doença de cunho hormonal, o endocrinologista é o especialista mais indicado para diagnosticar e medicar os pacientes.

Existe algum tratamento para o hipotireoidismo?

Sim, hoje em dia, cada vez mais a medicina tem avançado e ajudado diversos pacientes. A reposição hormonal por meio de medicação é o método mais utilizado, contudo é certamente necessário um especialista qualificado para indicar um tratamento efetivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>