Categorias
Artigos Gastro

Hepatite: Quais os tipos que existem?

Hepatite é o nome utilizado para qualquer degeneração do fígado. Os tipos mais comuns são o tipo A,B,C, alcoólica, medicamentosa ou autoimune, todavia, não são os únicos.

O que é hepatite?

Hepatite é o nome utilizado para qualquer degeneração do fígado. Os tipos mais comuns são o tipo A,B,C, alcoólica, medicamentosa ou autoimune, todavia, não são os únicos.

Hepatite A:

A hepatite do tipo “A”, é causada por um vírus chamado “HAV”. O vírus pode ser transmitido tanto por água ou alimentos contaminados, quanto sexualmente.

Os sintomas do tipo A no entanto, demoram de 10 a 50 dias para surgir, mas quando surgem são: febre, icterícia (pele e olhos amarelados) e mal-estar, além de urina com coloração alaranjada e fezes esbranquiçadas.

Hepatite B:

O do tipo “B” por sua vez, é causada pelo vírus “HBV” e seu meio de transmissão é pelos fluidos corporais, ou seja, por compartilhamento de alicates, por meio de reações sexuais sem preservativo, por uso de material cirúrgico ou odontológico não esterilizado etc. A hepatite B pode ser passada de mãe para filhos também, durante a gravidez.

Apesar de ser comum que o tipo B não apresente sintomas por longos períodos, de maneira geral ao descobrir a doença anos após o problema estar instaurado no corpo, o paciente pode se deparar com um problema crônico ou com uma cura espontânea.

Hepatite C:

O tipo “C” é causada pelo vírus “HCV” e sua transmissão ocorre igualmente a do tipo B, com a diferença de que não pode ser herdada geneticamente.

Raramente o tipo C apresenta sintomas logo de início, todavia, com a evolução da doença os indícios são os mesmos do tipo A.

Hepatite alcoólica:

O tipo alcoólico, como o próprio nome sugere, é uma decorrência do uso abusivo da ingestão de álcool. Esse tipo de hepatite pode ocasionar cirrose ou insuficiências hepáticas.

Os sintomas são em suma iguais aos do tipo A.

Porém, em casos mais graves o paciente pode apresentar convulsões e insuficiência renal.

Hepatite autoimune:

Por fim, a autoimune ocorre por uma falha do sistema imunológico, que começa a produzir anticorpos que reagem contra o fígado.

Em mulheres, um sintoma característico é a redução da menstruação, mas em casos generalizados, os indícios costumam ser além de icterícia, vermelhidão na pele, desconforto abdominal e dores nas articulações.

Qual especialista procurar?

O especialista mais indicado é o Endocrinologista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *