Enxaqueca

Dores de cabeça não são normais.

Viver com dor não é a única saída

Por mais que a cura possa não ocorrer, a doença possui tratamento.

O problema, no entanto, é considerado crônico quando o paciente apresenta mais de três crises por semana ou pelo menos quinze dias em um mês (consecutivos ou não).

Diversos tratamentos já foram utilizados como maneira de buscar a cura para a enxaqueca, porém, a aplicação de toxina botulínica vem se mostrando um dos métodos mais efetivos atualmente.

Você sabia? A enxaqueca é um problema que atinge mais de 30 milhões de Brasileiros

Você conhece os tipos de dores de cabeça?

centenas de tipos de dores de cabeça, contudo, separamos as três mais comuns.

Dor de cabeça tensional:

Causada pela rigidez dos músculos do pescoço, costas ou coro cabeludo, a dor de cabeça tensional é caracterizada por pressão na nuca ou testa ou seja, há uma sensação de peso nessas áreas.

Enxaqueca:

A enxaqueca geralmente é caracterizada por dor intensa e pulsante, que pode causar prejuízos na visão, sensibilidade a cheiros e dificuldade de concentração. Suas causas no entanto são desconhecidas.

Dor de cabeça por conta de sinusite:

A dor de cabeça causada pela sinusite costuma ser forte e piorar ao abaixar a cabeça ou deitar. A dor ocorre nos seios da face (conhecido popularmente como maçã do rosto)

Causas das dores de cabeça

Apesar de muitas não possuírem causas exatas, é possível apontar alguns agentes que causam esse tipo de dor.

  • Ansiedade/Depressão
  • Estresse
  • Sono ruim
  • Má alimentação
  • Postura inadequada
  • Exposição a cheiros fortes
  • Esforço físico em demasia

Como é feito o diagnóstico da dor de cabeça?

O diagnóstico requer uma análise clínica dos sintomas, contudo, é comum que o médico solicite exames de ressonância magnética para descartar problemas maiores como tumores ou traumas na massa encefálica.

Qual especialista procurar para tratar as dores de cabeça?

O médico mais indicado é o neurologista, especialista que trata dos distúrbios estruturais do sistema nervoso central e periférico e todas as doenças que ele envolve. É treinado para investigar, diagnosticar e tratar distúrbios neurológicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>