mulher com ansiedade

Ansiedade: é normal?

Se sentir ansioso de vez em quando, é normal e por vezes até bom.

Mas pessoas que sofrem de ansiedade, se sentem assim constantemente, o que leva a um desgaste mental, cansaço e muitas vezes problemas sociais maiores.

Apesar de ser comum ao público jovem e adulto, o problema pode surgir desde a infância, e todos os casos requerem uma atenção especial.

Ademais disso, a doença pode surgir em conjunto com outras patologias de cunho emocional (depressão, pânico etc), uma vez que problemas psicológicos costumam se sintomatizar.

Quais são os sintomas da ansiedade?

É possível classificar os sintomas em físicos e psicológicos. Os sintomas físicos costumam ser palpitações ou dor no peito, respiração cansada, sudorese, boca seca e náuseas.

Os sintomas psicológicos, no entanto, são caracterizados por problemas para dormir, medo constante, dificuldade de concentração, irritabilidade e preocupação exagerada mesmo com problemas cotidianos e simples de serem resolvidos.

Em casos mais sérios o paciente pode apresentar sintomas de um ataque de pânico.

Quais são as causas?

Apesar de as causas não serem exatas, estudos mostram que a genética e algumas doenças podem ser causadores da ansiedade.

Problemas cardiovasculares, doenças hormonais e dores crônicas, igualmente podem causar ansiedade em seus pacientes.

Estresse e traumas psicológicos são, de mesmo modo, fatores de risco para a doença.

Como ocorre o diagnóstico e tratamento da ansiedade?

A ansiedade requer uma análise minuciosa e um profissional qualificado para diagnosticar o problema.

Na consulta, o paciente relata seus sentimentos, medos e sintomas, o profissional por sua vez, ouve e analisa o quadro.

Em caso positivo para ansiedade ou outra doença, o profissional inicia então o tratamento através de consultas periódicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>