andropausa

Andropausa: a menopausa masculina

O que é andropausa?

Os hormônios masculinos são produzidos em sua maioria nos testículos, todavia, quando estes deixam de produzir hormônios o suficiente, temos a chamada andropausa.

Aproximadamente 33% dos homens acima de 60 anos irão passar pelo processo da diminuição de hormônios, portanto, o problema não é considerado generalizado. O processo não é instantâneo, mas sim gradual, podendo durar décadas.

A doença é comumente chamada de “Menopausa masculina”, contudo, ambas são muito diferentes.

Quais os sintomas da andropausa?

A variedade de sintomas é grande e depende de cada caso, contudo a queda hormonal pode ocasionar alterações uma de humor, cansaço, perda de massa muscular e diminuição da libido.

A diminuição da testosterona pode também estar associada a doenças cardiovasculares, diabetes, aumento de colesterol e hipertensão, por isso é importante buscar ajuda médica.

Não há um sintoma específico que indique a andropausa como ocorre com o fim da menstruação nas mulheres, por esse motivo o diagnóstico requer um profissional qualificado e uma análise minuciosa dos sintomas.

Existe tratamento para a andropausa?

Sim, mas apesar de o tratamento existir não está relacionado a resgatar a juventude do homem, mas sim como um controle dos sintomas.

De maneira geral a reposição hormonal é o método utilizado para tratar o problema, e a reposição, contudo, ocorre geralmente por meio de medicação.

o médico indicado para tratar essa doença é no entanto o endocrinologista, pois esse especialista é apto para diagnosticar e acompanhar quadros de disfunções hormonais, ao exemplo da testosterona.

Há um meio de prevenir a andropausa?

Por se tratar de um processo normal do corpo, não há um meio científico de prevenir o problema, mas se consultar com um médico regularmente após os 40 anos de idade é um meio de descobrir a doença com maior facilidade e assim poderá haver um controle maior dos sintomas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>