O que é
Também chamada de síndrome do pânico, a doença se dá quando de forma inesperada e inexplicável há crises de ansiedade, de medo e desespero, com sintomas físicos e emocionais que atingem intensidade máxima em até dez minutos. Nesses momentos, geralmente há a sensação de que vai morrer, ou de perda de controle sobre si. É um transtorno que geralmente atinge mais as mulheres do que os homens.

Causas
Ainda não há total certeza sobre o que desencadeia o transtorno, mas acredita-se que esteja relacionado a fatores genéticos e ambientais, estresse ou uso excessivo de alguns tipos de medicamentos, como as anfetaminas.

Sintomas
Entre os sintomas estão o medo e sensação de estar perto de morrer, de enlouquecer, de perder a razão e o controle total de si, taquicardia, palpitações, dor, pressão no peito, falta de ar, sensação de sufocamento, tonturas, vertigens, sensação de anestesia ou de choque e zumbidos. Também pode haver náuseas e vômitos, sensação de frio ou calor intenso, suor excessivo e tremores.

Tratamento
De forma geral, a psicoterapia e o uso de medicamentos antidepressivos ajudam o paciente a superar a doença. É preciso manter a medicação durante o tempo que o médico prescrever, pois há risco de recaídas. Adote sempre as recomendações do seu médico para que sua saúde se restabeleça o mais rápido possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *